Notícias

All Abord! The DragÓVisão | A #Eurovisão Revivalista

O Grande Espectáculo está à porta e ao chamado “All Aboard” o Finalmente Club nem por sombras se faria de esquecido.

É o DragÓVisão, a nossa maneira de comemorar 42 anos de existência.

Dirigidos pela Dona Deborah Kristall (ou para os mais convencionais, Fernando Santos), homenageando os grandes músicos, o palco, as canções e composições que calçados ou descalços (1967), europeus ou imigrantes acolhidos na Europa tal qual Diva(s) transexuais a fazer a história na comunidade LGBTI (1998), animados e coloridos grupos integrando o BABA ou o ABBA da História da Música Popular Europeia (1974), com ou sem barba para que não nos voltemos a esquecer que quando se fala de Festivais Internacionais de Música (2014).

Fala-se também de integração da diversidade, pois de outra maneira não faria sentido esta contaminação saudável que deve ser a música: com todas as bandeiras, representam todos os valores Europeístas de soberania e respeito pela pátria, língua, etnia, religião ou opção sexual,  onde Portugal já tem lugar cativo interpretado pelos jovens de hoje, sem nunca ter esquecido a Diva das Divas da Música Popular Portuguesa.

Tudo isto nos traz DragÓVisão e o elenco do Finalmente Club, a saber, Samantha Rox, Jenny LarRue, Nyma Charles, e Stefany Duvet dirigidos pelo já mencionado Director Artístico Deborah Krystall que, num revivalismo cheio de purpurina, compromete-se a oferecer os seus 42 anos à Cidade e à Diversidade.

Ver Comunicação

This is a unique website which will require a more modern browser to work! Please upgrade today!